CONGRESO INTERNACIONAL EN EL 50º ANIVERSARIO DE LA MATER ET MAGISTRA

12 de Maio de 2011 às 23:03 por Rosana Manzini | Postado em: DSI
| Comentários (1)

Justicia y Globalización:
de la Mater et Magistra
a la Caritas in veritate
Roma, 16-18 de mayo de 2011

Cuadro de referencia: en atención a las problemáticas afrontadas por la  Mater et Magistra

(desequilibrios sociales) a la luz de la justicia y la equidad: a) considerar las disparidades actuales

y las diversas cuestiones que ha puesto sobre la mesa el contexto de la globalización; b) a

prospectar soluciones proyectuales a la luz del destino universal de los bienes, de la justicia social;

c) prestando particular atención a la tarea de estudiar, difundir y experimentar la Doctrina social

de la Iglesia, siempre partiendo de los impulsos ofrecidos por la IV parte de la MM, usufructuando

la profundización eclesiológica y trinitaria de la Caritas in veritate.

Destinatarios

Los sujetos que en mayor medida actúan en el campo del estudio, la difusión y la puesta en práctica

de la Doctrina social de la Iglesia: Responsables de las Comisiones de Justicia y Paz, de los

Organismos episcopales para los problemas sociales y del trabajo, directores de Institutos y

Centros de Doctrina social de la Iglesia

Bento XVI: É urgente formar leigos na Doutrina Social da Igreja

13 de Novembro de 2010 às 13:02 por Rosana Manzini | Postado em: DSI
| Comentários (2)

VATICANO, 05 Nov. 10 / 01:49 pm (ACI).- O Papa Bento XVI pediu aos participantes da assembléia plenária do Pontifício Conselho Justiça e Paz, uma urgente formação dos fiéis leigos nos princípios da doutrina social da Igrejapara que possam responder aos desafios da sociedade atual.

O Santo Padre dirigiu uma mensagem ao presidente deste dicastério, Cardeal Peter Kodwo Appiah Turkson, na qual assinalou que os leigos “devem comprometer-se para promover uma reta configuração da vida social, respeitando a legítima autonomia das realidades terrenas”. O evento, que se realiza em Roma, analisa a recepção da Encíclica “Caritas in veritate” nos diferentes continentes.

“É muito importante uma compreensão profunda da doutrina social da Igreja, em harmonia com todo seu patrimônio teológico e fortemente enraizada na afirmação da dignidade transcendente do homem, na defesa da vida humana desde a concepção até a morte natural, e da liberdade religiosa”, indicou.

Nesse sentido, Bento XVI insistiu na necessidade de “preparar a fiéis leigos capazes de dedicar-se ao bem comum, especialmente nos âmbitos mais complexos, como o mundo da política”.

O Papa recordou os “problemas fundamentais que afetam o destino das nações e das instituições mundiais, assim como da família humana”, e indicou que os desequilíbrios sociais e nacionais não desapareceram.

“A coordenação entre os Estados –freqüentemente inadequada, porque se orienta à busca de um equilíbrio de poder, em lugar da solidariedade– dá lugar a desigualdades, ao perigo do domínio de grupos econômicos e financeiros que ditam -e querem seguir fazendo-o- a agenda política, à custa do bem comum universal”, explicou.

Nesse sentido, expressou seu desejo de que o Pontifício Conselho Justiça e Paz siga “levando adiante a atualização da doutrina social da Igreja” e sua promoção e estudo.

O Papa indicou que “em colaboração com outros, o dicastério deve procurar vias mais apropriadas para a transmissão da doutrina social, não só nos tradicionais itinerários formativos e educativos cristãos de todo tipo e grau, mas também nos grandes centros de formação do pensamento mundial, como os grandes meios de comunicação ‘laicos’, as universidades e os numerosos centros de reflexão econômica e social, que recentemente se desenvolveram em todos os rincões do mundo”.

“Só com a caridade, sustentada pela esperança e iluminada pela luz da fé e da razão, é possível conseguir objetivos da liberação integral do ser humano e de justiça universal”, afirmou.

http://www.acidigital.com/noticia.php?id=20499

Concluído o 2º Encontro dos Centros Latino-americanos de DSI

29 de Junho de 2010 às 22:25 por Rosana Manzini | Postado em: DSI
| Comentários (1)

Hoje, festa de São Pedro e São Paulo, concluímos o 2º Encontro dos Centros Latino-americanos de DSI. Durante todo o dia as comissões apresentaram suas conclusões e propostas sendo estas submetidas a aprovação do plenário. AAlgumas decisões foram tomadas, uma delas é um Seminário com o tema: “Inserção profunda na América Latina”. Este seminário formativo será destinado aos membros da Rede em janeiro de 2011 na Costa Rica. Nós do Centro León Dehon (CELDE) juntamente com o CEDSI, centro argentino, teremos 60 dias para colocar no ar o portal virtual desta Rede.

Estes dias de convivência com tantos companheiros dos diversos países, foram um renovado estímulo na tarefa que nos cabe.  Nosso CELDE sai fortalecido porque conta com tantos outros centros que acreditam e vivem essa aventura da formação e divulgação da DSI. Para mim este tempo veio confirmar uma opção de tantos anos atrás. Voltarei para minha terra com a clareza da missão que nos espera. Amanhã de manhã deixo o Salesianum e volto para a Casa Geral dehoniana onde teremos uma reunião sobre nosso Centro  de Taubaté. Depois…. é hora de voltar a caminhar pelas vielas romanas buscando na memória os belos tempos vividos.

Termino esse post com uma frase proferida hoje pelo Diretor do IMDOSOC, Dr. Manuel Granado: “ou se prega a Doutrina Social da Igreja ou não temos verdadeira evangelização”.

Termina o Simpósio – Começa o Encontro Latino americano

27 de Junho de 2010 às 20:33 por Rosana Manzini | Postado em: DSI, IGREJA
| Comentários (0)

Ontem, por algum problema que desconheço, o acesso ao blog não era possível. Por este motivo não pude postar o dia de ontem sábado, comento agora. Ontem tivemos o último dia do simpósio. No início da manhã tivemos a esperada mesa-redonda com o Secretário do Pontificio Conselho Justiça e Paz e os diretores dos Centros de DSI. Alguns diretores representando os 5 continentes apresentaram a realidade de seu país e o tipo de trabalham que desenvolvem. Dom Mario Toso nos incitou a aprofundar os estudos e as ações já nos convocando para um próximo encontro. O Cardeal, Tarcisio Bertone, secretário de Estado do Vaticano, fez a última grande conferência, onde afirmou que a Caritas in Veritate deverá ser para este século o que a Rerum Novarum foi para o anterior. A necessidade do estudo da Doutrina Social da Igreja em todos os segmentos sociais se faz urgente. Na parte da tarde foram apresentados as conclusões do temas. Solenemente o simpósio foi encerrado com a missa presidida pelo Cardeal Turkson, Presidente do Conselho para a Justiça e Paz.

Hoje, domingo, após tirar a parte da manhã para descansar, deixei a Casa Geral dos Dehonianos e me transferi para o Hotel Salesianum onde as 16 hs teve início o 2º Encontro dos Centro Latino Americanos de DSI. Tivemos uma extraordinária conferência de abertura com o Dr. Guzmán Carriquiry, uruguaio e subsecretário do Pontifício Conselho para oa Leigos. Ele abordou o tema: “La integración continental y la vocación de la Iglesia al respecto. Dr. Guzman, fez primeiramente uma abordagem histórica latino americana mostrando a vocação de origem a ser a Patria Grande, como dizia Bolivar. Em seguida celebramos a Eucaristia presidida Pelo Cardeal Sorondo, Canciller da Pontifícia Academia para as Ciências Sociais.

Nosso grupo de trabalho é pequeno somos em 28 pessoas de quase todos os países da América Latina. Amanhã começam os trabalhos logo cedo, as 8 hs.

Mesa-Redonda dos Centros de DSI

Mesa-Redonda dos Centros de DSI

Encerramento - Cardeal Tarciso Bertone

VII Simposio Internacional de Profesores Universitarios sobre el tema “Hacia una economía al servicio de la familia humana: persona, empresa, instituciones”, Roma 24-26 de junio de 2010

22 de Junho de 2010 às 0:46 por Rosana Manzini | Postado em: DSI, IGREJA, SOCIEDADE
| Comentários (0)

Depois de um tempo distante devido a muitos compromissos acadêmicos e pastorais, volto para partilhar com voces uma nova e grande experiência. Em janeiro último estive na Cidade do México a convite do Instituto Mexicano de Doutrina Social Cristã (IMDOSOC) participando da criação de uma Rede de Centros Latino Americanos de difusão da Doutrina Social da Igreja. Representei o Centro de Estudos Léon Dehon (CELDE), do qual sou diretora. O CELDE tem como escopo a investigação, difusão, formação e capacitação em Doutrina Social da Igreja. Destina-se aos agentes que atuam nos campos políticos, sociais e pastorais, buscando através do conhecimento e aprofundamento da DSI, respostas e luzes para a construção de uma sociedade mais humanizada.

Participou deste encontro Dom Mario Toso, secretário do Pontifício Conselho Justiça e Paz, que nos convidou para participarmos de um Simpósio que trataria de uma aprofundamento da encíclica de Bento XVI Caritas in Veritate . Chegou a hora! Amanhã estarei partindo para Roma para participar deste Simposio que terá como tema: Hacia una economía al servicio de la familia humana: persona, empresa, instituciones”. Aproveitando este momento, a RED DE CENTROS DE DOCTRINA SOCIAL CRISTIANA DE AMÉRICA LATINA, promoverá seu 2° ENCONTRO  em ROMA, 27 – 29 junio.  Os trabalhos serão norteados pelo tema: “Construyendo la solidaridad con eficacia y visión”


Diariamente estarei postando informações, comentários e curiosidades. Acompanhe com seu comentário,suas  perguntas…  Un grande abbraccio a tutti!!!

“Papa estimula políticos a lutarem pelo ‘bem comum’”

2 de Maio de 2010 às 15:40 por Rosana Manzini | Postado em: DSI
| Comentários (0)

TURIM, 2 MAI (ANSA) – O papa Bento XVI, que realiza uma visita pastoral a Turim (norte da Itália), onde irá ainda hoje à exposição do Santo Sudário, pediu aos políticos que persigam “o bem comum”, mesmo “nos momentos difíceis”.  ”Desejo encorajar o esforço dos que foram chamados a administrarem as coisas públicas”, afirmou o Papa durante a homilia da celebração eucarística deste domingo, realizada na Praça de São Carlos.

“A colaboração para fazer da cidade mais humana e habitável é um sinal de que o pensamento cristão sobre o homem nunca é contra a liberdade, mas em favor a uma plenitude maior, de que apenas na civilidade do amor encontra a sua realização”, continuou.

Bento XVI também expressou sua proximidade aos desempregados, às famílias em dificuldade, aos marginalizados e aos imigrantes. “Sei que também em Turim há dificuldades, problemas, preocupações. Penso, particularmente, nos que vivem concretamente as suas existências em condições de precariedade”, apontou.

“Por causa da falta de trabalho, da incerteza sobre o futuro, do sofrimento físico e moral, penso nas famílias, nos jovens, nas pessoas idosas, nos que foram marginalizados, nos imigrantes”, disse o Papa, que recordou aos cristãos “que não estamos sós, Deus ama todos, sem distinção, e está próximo a todos, com o seu amor, que torna possível enfrentar, viver e superar a fadiga dos problemas cotidianos”

http://uol.com/bmdGB

VIDA PLENA OU SOBREVIVÊNCIA?

13 de Abril de 2010 às 18:04 por Rosana Manzini | Postado em: DSI, IGREJA, POLITICA, SOCIEDADE, fé x vida
| Comentários (2)

174 O Princípio da Destinação Universal dos Bens convida a cultivar uma visão da economia inspirada em valores morais que permitam nunca perder de vista nem a origem, nem a finalidade de tais bens, de modo a realizar um mundo equitativo e solidário, em que a formação da riqueza possa assumir uma função positiva.

Hoje, na aula de DSI e Educação, no curso de Filosofia da Faculdade Dehoniana discutimos um dos princípios da Doutrina Social da Igreja: a Destinação Universal dos Bens. Trabalhamos em cima de 3 vídeos. Um primeiro sobre a Exclusão Social, o segundo o discurso que uma menina de 13 anos fez para os chefes de governo na ECO 92, no Rio de Janeiro e o terceiro a Carta de Seattle de 1853.

É impressionante como este Princípio da DSI se encontra nos mais diversos discursos pela preservação e luta pela dignidade da vida. Talvez ai encontrássemos respostas para as cenas de horror que temos vistos. A ética indignação nos interpela…….. qual resposta daremos?

Vejam os filmes, reflitam e, se quiserem, postem aqui sua reflexão. Se conseguirmos partilhar os pensamentos, conseguiremos partilhar a vida.

Justiça: “dare cuique suum” e Justiça Samaritana

22 de Março de 2010 às 18:00 por Rosana Manzini | Postado em: DSI
| Comentários (18)

Em sua mensagem para o período quaresmal Bento XVI trabalha sobre a questão da justiça e afirma que para o cristão o conceito de justiça vai além da tradicional afirmação “dar a cada um o que lhe é devido”. Poderíamos trabalhar esse conceito a partir da Parábola do Bom Samaritano? Qual a sua reflexão?

Coloco o primeiro parágrafo da mensagem de Bento XVI e o link caso voce queira ler toda a mensagem.

Detenho-me em primeiro lugar sobre o significado da palavra “justiça” que na linguagem comum implica “dar a cada um o que é seu – dare cuique suum”, segundo a conhecida expressão de Ulpiano, jurista romana do século III. Porém, na realidade, tal definição clássica não precisa em que é que consiste aquele “suo” que se deve assegurar a cada um. Aquilo de que o homem mais precisa não lhe pode ser garantido por lei. Para gozar de uma existência em plenitude, precisa de algo mais intimo que lhe pode ser concedido somente gratuitamente: poderíamos dizer que o homem vive daquele amor que só Deus lhe pode comunicar, tendo-o criado á sua imagem e semelhança. São certamente úteis e necessários os bens materiais – no fim de contas o próprio Jesus se preocupou com a cura dos doentes, em matar a fome das multidões que o seguiam e certamente condena a indiferença que também hoje condena centenas de milhões de seres humanos á morte por falta de alimentos, de água e de medicamentos – , mas a justiça distributiva não restitui ao ser humano todo o “suo” que lhe é devido. Como e mais do que o pão ele de facto precisa de Deus. Nora Santo Agostinho: se “ a justiça é a virtude que distribui a cada um o que é seu…não é justiça do homem aquela que subtrai o homem ao verdadeiro Deus” (De civitate Dei, XIX, 21)“.

http://www.vatican.va/holy_father/benedict_xvi/messages/lent/documents/hf_ben-xvi_mes_20091030_lent-2010_po.html

Terra, planeta água

21 de Março de 2010 às 23:47 por Rosana Manzini | Postado em: DSI
| Comentários (2)
A Doutrina Social da Igreja nos interpela sobre a grave crise ecológica que vivemos hoje. Todo o meio ambiente e sua defesa está esta submetido a lógica cruel do sistema atua,l onde visa-se o lucro a custa de tudo o que é essencial para o desenvolvimento e vida plena de toda a humanidade. Como cristãos somos interpelados sobre nossa atuação concreta na defesa da vida em todos os seus aspectos e não podemos nos furtar de dar uma resposta concreta de compromisso com a defesa da casa de todos nós , o Planeta Terra. Nesta segunda-feira celebramos o Dia da Água! Qual é o nosso real compromisso diante de tão grande ameaça?
Recomendo como aprofundamento a leitura do artigo de Sergio Ferrari, no site da Adital:  http://www.adital.com.br/site/noticia.asp?lang=PT&cod=26814